Imprimir esta página

Serviço de Obstetrícia

Informação Geral

Direção

Diretor do Serviço: Prof. Doutor Diogo Ayres de Campos

Administrador Hospitalar: Dr. Rui Vasconcelos e Sá

Enfermeira Coordenadora: Enf.ª Célia Rato

 

Setores 

Consulta de Obstetrícia
Responsável: Dra. Luísa Pinto
Enfermeira-Chefe: Enf.ª Cláudia Milhinhos

Consulta de Interrupção da Gravidez
Responsável: Dr. Joaquim Neves
Enfermeira-Chefe: Enf.ª Cláudia Milhinhos

Unidade de Ecografia e Diagnóstico Pré-natal
Responsável: Dr. Rui Marques Carvalho
Enfermeira-Chefe: Enf.ª Fátima Horta

Urgência de Obstetrícia e Ginecologia/Bloco de Partos
Responsável: Prof. Doutora Susana Santo 
Enfermeira-Chefe: Enf.ª Isabel Vital

Internamento de Medicina Materno-Fetal
Responsável: Dra. Mónica Centeno
Enfermeira-Chefe: Enf.ª Cláudia Milhinhos

Internamento do Puerpério
Responsável: Dra. Maria do Céu Santo
Enfermeira-Chefe: Enf.ª Fátima Horta

 

Contatos

Atendimento Geral
Anabela Cautela – 21 780 50 78
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Secretária da Direção do Serviço
Sónia Dias – 21 780 51 80
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Secretária do Administrador Hospitalar
Miriam Pires  – 21 780 55 78
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.


Consulta de Obstetrícia
 - 217805177 ou Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Ecografia e Diagnóstico Pré-natal - 217805186 ou Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Internamento de Medicina Materno-Fetal - 217805183
Internamento do Puerpério - 217805089
Bloco de Partos - 217805028

 

Morada

Serviço de Obstetrícia
Hospital de Santa Maria
Av. Prof. Egas Moniz
1649 - 035 Lisboa

 

Localização

 

 

Covid-19

Enquanto durar a presente situação de elevado risco de infeção por COVID-19 alteram-se as seguintes atividades habituais no Serviço de Obstetrícia:

Agradecemos a compreensão de todas as nossas utentes em relação a estas medidas, que são essenciais para mantermos um hospital seguro.

 

Ecografias da gravidez 

É novamente possível o acompanhamento durante as ecografias da gravidez, desde que o acompanhante: 

  • Esteja sem tosse, febre ou falta de ar 
  • Use sempre uma máscara cirúrgica
  • Tenha um certificado de vacinação válido OU um teste nasofaríngeo COVID negativo nas últimas 72h (antigénio ou PCR, realizado em laboratório idóneo) 

Caso pretenda ser acompanhada durante as ecografias da gravidez, quando estiver a entrar no hospital para realizar a ecografia, indique por favor o nome do acompanhante ao Segurança presente na porta. O acompanhante terá de esperar no exterior do hospital até a grávida ser chamada para entrar num gabinete de ecografia – nessa altura contacte telefonicamente o acompanhante e peça-lhe para subir. O acompanhante dá o seu nome ao Segurança da porta de entrada do hospital e sobe até ao piso 5 onde apresenta os documentos necessários no secretariado da Unidade de Ecografia. Será depois levado ao gabinete de ecografia.

 

Consultas da gravidez 

O distanciamento social necessário para diminuir o risco de transmissão condicionou uma grande redução do número de lugares disponíveis nas salas de espera, levando a que não seja possível as grávidas serem acompanhadas durante as consultas da gravidez. Em situações clínicas delicadas, se considerar que o acompanhamento seria muito importante para si, peça ao médico da consulta para autorizar excecionalmente a presença de um acompanhante (este último terá de aguardar no exterior do edifício até ser dada autorização para passar pelo segurança, e só pode entrar no hospital quando a grávida já estiver dentro do gabinete).

De forma a não haver uma grande acumulação de utentes nas salas de espera, só é permitido o acesso das grávidas a estas salas de espera nos 10 minutos anteriores à hora agendada. As grávidas que cheguem com um atraso superior a 15 minutos em relação à hora agendada para a consulta ou ecografia terão estes procedimentos agendados para outro dia.

COVID-19 e gravidez – o que é importante saber?

 

Internamento de Medicina Materno-Fetal (Internamento de grávidas – Piso 4)

A existência de enfermarias com mais do que uma cama impede que se mantenham as visitas hospitalares diárias. Em situações clínicas delicadas a equipa de saúde poderá excecionalmente autorizar a presença de um visitante entre as 14:00 às 19:00, se este tiver um teste SARS-CoV-2 negativo realizado nos últimos 5 dias, não tiver tosse, febre ou falta de ar, e se cumprir os cuidados de segurança necessários para evitar a transmissão viral. O visitante necessita de desinfetar as mãos à entrada, usar sempre máscara cirúrgica e manter-se permanentemente junto da grávida. Tem também de aguardar no exterior do edifício até ser dada autorização para passar pelo segurança.

 

Bloco de Partos (Piso 6)

É permitida a presença de um acompanhante durante todo o trabalho de parto. Este acompanhante terá de ter um teste SARS-CoV-2 negativo realizado nos últimos 5 dias num laboratório considerado idóneo. De não tiver feito este teste poderá realizar uma colheita, juntamente com a grávida, na altura do internamento hospitalar. O acompanhante necessita também de não ter tosse, febre ou falta de ar, e de cumprir os cuidados de segurança necessários para evitar a transmissão viral (desinfetar as mãos à entrada, usar sempre máscara cirúrgica e não sair da sala de partos sem autorização).

É também permitido o acompanhamento da grávida no Bloco Operatório para cesarianas não-emergentes, desde que se cumpram as regras acima expostas.

COVID-19 e gravidez – o que é importante saber?

 

Puerpério (Internamento após o parto – Piso 5)

É permitida neste sector a visita às mães e aos bebés pela mesma pessoa que fez o acompanhamento no trabalho de parto. O período diário de visita é das 14:00 às 19:00. O visitante terá de ter um teste SARS-CoV-2 negativo realizado nos últimos 5 dias, não ter tosse, febre ou falta de ar, e cumprir os cuidados de segurança necessários para evitar a transmissão viral. O visitante necessita de desinfetar as mãos à entrada, usar sempre máscara cirúrgica e manter-se permanentemente junto da mãe até à saída do sector.

 

Quero ter o parto no Hospital de Santa Maria – o que devo fazer?

Se a sua gravidez não foi vigiada no Hospital de Santa Maria, mas quer ter o parto connosco, poderá sempre recorrer à Urgência de Obstetrícia quando entrar em trabalho de parto, trazendo nessa altura todas as análises e ecografias que fez na gravidez.

Antecipando a possibilidade do trabalho de parto não se desencadear espontaneamente e ser necessário induzir (provocar) o trabalho de parto às 41 semanas, por volta das 38 semanas deve pedir ao médico que vigiou a gravidez para lhe marcar uma consulta no hospital a realizar às 40 semanas. Caso a gravidez tenha sido vigiada num Centro de Saúde o pedido é realizado pelos circuitos informáticos habituais do SNS. Caso a gravidez tenha sido vigiada num médico particular, o pedido deve ser feito por email para a consulta de Obstetrícia. Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Linha de atendimento à Urgência de Obstetrícia e Ginecologia

 

 

 

Missão e Valores

Missão

O Serviço de Obstetrícia tem por Missão proporcionar uma elevada qualidade técnica e humana no atendimento a grávidas com necessidades de cuidados hospitalares. Estando inserido num centro hospitalar público altamente diferenciado do ponto de vista técnico-científico e integrado na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, tem um forte compromisso com a investigação clínica, com o ensino pós-graduado e com o ensino pré-graduado em Medicina e Enfermagem. Todos estes objetivos são cumpridos tendo e consideração a motivação e a satisfação profissional dos elementos do Serviço.

 

Valores

No cumprimento da sua Missão, o Serviço de Obstetrícia e os seus profissionais partilham os seguintes valores e princípios: respeito pela dignidade humana, pela diversidade étnica, cultural e religiosa e pelos direitos dos doentes; rigor, integridade e responsabilidade; elevados padrões de humanização, de competência técnica e científica dos serviços prestados; cultura institucional, valores coletivos e espírito de equipa; ambição e empenho na melhoria contínua da qualidade; valorização, motivação e envolvimento dos seus profissionais; desempenho e sustentabilidade; respeito pelos princípios éticos e deontológicos na atividade assistencial.

 

Visita Virtual à Maternidade

 

Caso pretenda conhecer melhor as nossas instalações veja este curto vídeo de apresentação. Enquanto durar a presente situação de elevado risco de infeção pelo COVID-19 algumas das regras de acompanhamento foram modificadas. Para mais informações consulte a página “Covid-19”.

 

Atividade Assistêncial Programada

O Serviço de Obstetrícia exerce uma atividade assistencial no âmbito da especialidade, com particular diferenciação nas áreas da doença materna pré-existente, aborto e gravidez não evolutiva, diagnóstico pré-natal, medicina fetal, versão cefálica externa, acretismo placentário, indução do trabalho de parto, ecografia intraparto e monitorização fetal intraparto. No que respeita às doenças maternas pré-existentes e ao diagnóstico pré-natal, o Serviço presta apoio às regiões Sul e Oeste do país.

 

CONSULTA DE BAIXO RISCO

Assegura a vigilância de gestações de baixo risco de funcionárias do hospital e de grávidas referenciadas pelos cuidados de saúde primários, na fase final da gravidez.

 

CONSULTA DE MEDICINA MATERNO-FETAL

Assegura a vigilância de gestações com doença materna pré-existente, doença específica da gravidez e risco aumentado de doença fetal. Esta consulta é multidisciplinar, tendo o apoio de especialistas de outros Serviços do hospital - Endocrinologia, Genética, Reumatologia, Imunoalergologia, Infeciologia, Nefrologia e Cardiologia Pediátrica.

Consulte aqui os nossos folhetos informativos sobre cuidados gerais durante a gravidez:

Consulte aqui os nossos folhetos informativos para a segunda metade da gravidez:

Consulte aqui os nossos folhetos informativos sobre situações específicas da gravidez:

 

CONSULTA DE INTERRUPÇÃO DA GRAVIDEZ

Assegura os cuidados assistenciais a mulheres que pretendem interromper voluntariamente a gravidez.

Consulte aqui os nossos folhetos informativos específicos deste setor:

 

UNIDADE DE ECOGRAFIA E DIAGNÓSTICO PRÉ-NATAL

Assegura a realização de ecografias da gravidez e de técnicas de diagnóstico pré-natal.

Consulte aqui os nossos folhetos informativos específicos deste setor:

 

INTERNAMENTO DE MEDICINA MATERNO-FETAL

Assegura os cuidados assistenciais às grávidas que necessitam de internamento hospitalar, maturações cervicais e observação de curta duração

Consulte aqui os nossos folhetos informativos específicos deste setor:

 

INTERNAMENTO DO PUERPÉRIO

Assegura os cuidados assistenciais às puérperas e aos recém-nascidos nos primeiros dias após o parto.

O Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte é um Hospital Amigo dos Bebés, uma certificação da UNICEF em colaboração com a Comissão Nacional Iniciativa Amiga dos Bebés.

Consulte aqui os nossos folhetos informativos específicos deste setor:

 

Urgência

URGÊNCIA DE OBSTETRÍCIA E GINECOLOGIA

Assegura um atendimento permanente, todos os dias do ano, a situações obstétricas e ginecológicas urgentes. Para recorrer à Urgência de Obstetrícia e Ginecologia, deve virar à direita logo após passar a entrada principal do hospital e depois seguir a sinalização existente na rua. Se vier de carro, existe um parque de estacionamento ao lado da Urgência de Obstetrícia e Ginecologia, onde o estacionamento é gratuito durante o tempo que durar a observação na urgência (necessita de validar o cartão à saída no posto administrativo).

Se não tiver uma situação verdadeiramente urgente por favor não venha à Urgência. Ao fazê-lo pode estar a tirar a vez uma pessoa que precise mesmo de ser observada

Se pretende informação sobre o que são queixas obstétricas e ginecológicas urgentes e não-urgentes consulte o nosso folheto informativo abaixo:

Se tiver uma queixa não urgente, deve ir ao seu Centro de Saúde, ou ao médico que vigia a gravidez, para marcar uma consulta no próprio dia ou no dia útil seguinte.

  • Se tiver um atraso menstrual e suspeitar que está grávida não venha à Urgência.
  • Se tiver uma sensação passageira de mal-estar ou de desmaio, sem perda de consciência, não venha à Urgência.
  • Se tiver ardor ao urinar ou vontade de urinar muitas vezes não venha à Urgência.
  • Se tiver corrimento, ardor ou comichão vaginal não venha à Urgência.
  • Se tiver febre, dores de cabeça ou dores musculares, sem outras queixas, não venha à Urgência.

Caso se desloque à Urgência de Obstetrícia e Ginecologia com uma queixa não-urgente, não será tratada no hospital, mas sim reencaminhada para uma consulta no seu Centro de Saúde.

Se tiver dúvidas sobre se a sua queixa é ou não urgente por favor contacte telefonicamente a nossa linha de apoio da Urgência de Obstetrícia e Ginecologia, onde poderá falar diretamente com um médico de Urgência.

 

Consulte aqui outros folhetos informativos específicos deste setor:

 

 

BLOCO DE PARTOS

Assegura a assistência permanente, todos os dias do ano, a situações de trabalho de parto, indução de trabalho de parto e cirurgias obstétricas programadas e urgentes. No Bloco de Partos temos como principal missão proporcionar uma experiência o mais segura e positiva possível no trabalho de parto e parto, um momento tão marcante na vida das pessoas. Nas salas de parto individuais possibilita-se o acompanhamento permanente da grávida durante a sua estadia neste setor, o qual se mantém também caso exista a necessidade de realizar uma cesariana no Bloco Operatório (exceto em situações emergentes ou sob anestesia geral). 

No Bloco de Partos prestam-se cuidados de saúde personalizados, com a garantia de qualidade e independência de um hospital público universitário, baseados na evidência científica mais atual, centrados na escolha partilhada com as grávidas e no consentimento verdadeiramente informado, tendo como objetivo proporcionar uma experiência o mais positiva possível.

Consulte aqui os nossos folhetos informativos específicos deste setor: